You are currently viewing Psicologia das cores – Como as cores influenciam nas sensações?

Psicologia das cores – Como as cores influenciam nas sensações?

Psicologia das cores – Imagine um lugar escuro, você está sozinho e percebe manchas vermelhas na parede.

Isso parece um filme de terror pra você? Não é a toa! Nós associamos a cor preta ao sombrio, e o vermelho remeteu sua memória ao sangue, ainda mais quando usei a palavra “mancha”.

Esse conjunto de informações de cores e desordem de espaço, foi o suficiente para criar em sua mente a sensação de um ambiente sombrio e nada positivo.

Isso acontece porque nosso cérebro é uma máquina incrivelmente projetada para criar associações entre espaço e cores e então reproduzir as mais diversas sensações.

Interessante né? Vamos analisar melhor isso!

Psicologia das cores e formas.

Vários estudos científicos comprovam que as cores e formas tem uma influência incrível sob nosso subconsciente. Como assim?

Podemos chamar de subconsciente a parte do nosso cérebro em que não temos controle, aquilo que fazemos “inconscientes”.

Por exemplo: Quando eu disse que você estava num ambiente escuro e sombrio e as paredes estavam manchadas de vermelho, você inconscientemente associou a cor vermelha à sangue, que também é vermelho e está muito presente nesse tipo de cena de filmes de suspense ou terror.

Você não precisou se esforçar para fazer isso, sua memória buscou essa informação sozinha, tudo de forma inconsciente.

Isso não acontece só com a cor vermelha!

Eva Heller, uma cientista alemã, afirmou em sua pesquisa realizada com centenas de pessoas, descobriu que as cores causam certas sensações de forma universal, ou seja, mesmo que eu e você sejamos completamente diferentes e tenhamos gostos completamente opostos, podemos ainda assim sentir a mesma coisa quando olharmos para determinada cor.

O mesmo acontece com as formas, ou, Teoria da Gestalt, como é conhecida pelos designers.

Coincidência ou não, a Gestalt foi uma teoria desenvolvida também por um alemão. Ele descobriu que existe fatores psicológicos por trás das formas e linhas.  Por exemplo:

As formas redondas, curvas e circulares estão associadas à proteção, ternura, suavidade e amor . Não é atoa que quando você escuta alguém dizer “círculo familiar” associa à uma família unida e feliz, onde os filhos estão bem protegidos sob o cuidado amoroso dos pais.

Por que isso é importante no design?

Quanto mais você como profissional conhecer o efeito que as formas e cores tem sob o psicológico de outros, maior será sua assertividade na hora de criar um produto ou marca que realmente cative, conecte e cause as sensações certas para cada público.

A gente criou uma série de posts chamada PSICOLOR onde a gente ensina detalhadamente sobre cada uma das cores primárias. Confere lá nosso artigo sobre a cor rosa e a cor verde.

É nossa responsabilidade como profissionais orientar o cliente sobre isso na hora de tomar decisões, seja na criação de marca, na organização do ambiente ou até mesmo nas suas mídias sociais.

Conclusão.

As cores e formas são ferramentas poderosas! Aliadas a um bom designer, poderão te ser um diferencial e ampliar ainda amais sua capacidade criativa.

Você já tem uma marca impactante que leva em conta o perfil do seu público-alvo? Fale com um Designer agora mesmo para avaliarmos suas necessidades e te ajudarmos a cegar lá!